Enquanto isso no mercado fonográfico…

Em uma conversa informal com amigos, falando sobre música, entrou em pauta o assunto do que a gente anda ouvindo por aí. Falamos de bandas novas, músicas novas, os músicos que tem aparecido no mercado e como o cenário musical anda se apresentando ultimamente.

Essa discussão foi muito proveitosa e interessante por estarmos todos com um mesmo pensamento e tiramos basicamente as mesmas conclusões sobre que o vemos e ouvimos nos dias de hoje: estamos com um déficit de boas músicas, bons compositores e novas bandas.

Existe hoje uma carência de criatividade em tudo que a gente ouve por aí. O ditado nunca se fez tão coerente, “Nada se cria, tudo se copia”. Uma prova disso é perceber que a maior parte da geração dos anos 80 e 90, estão ouvindo os mesmos artistas que foram consagrados nessas gerações.

Portanto, não é de se admirar que pela segunda semana consecutiva o álbum “Awesome Mix Vol. 1”, do filme “Guardiões da Galáxia”, no topo da lista da Billboard 200.

 “Awesome Mix Vol. 1” no topo da lista da Billboard 200
“Awesome Mix Vol. 1” no topo da lista da Billboard 200

O álbum traz uma coletânea de músicas que fizeram sucesso nos 70. Nele é possível ouvir David Bowie, Jackson 5, The Raspberries, Blue Swede, entre outros hits que marcaram gerações.

Seria esse um sinal para alertar o mercado de que tem algo errado? Só futuro poderá responder. Enquanto isso a gente espera essa mudança no cenário e curte o que há de qualidade por aí.

Anúncios

Rumo ao progesso do Carnaval

carnavália

O Carnavália-Sambacon, ocorrido na última semana no Centro de Convenções Sulamérica, foi um verdadeiro sucesso de público, negócios, debates e inovações. Sambistas do Brasil e do mundo saíram satisfeitos da 1ª feira de negócios do carnaval do Brasil.

A feira contou com expositores de diversos ramos, lojas especializadas, imprensa, empresas prestadoras de serviços, ou seja, tudo que os gestores e os foliões sempre desejaram em um lugar só. O evento foi bastante organizado e a estrutura do espaço muito bem montada. Quem passou pela feira por curiosidade, ou para fazer novos contatos comerciais, não se decepcionou.

O ponto alto do evento foram as discussões que aconteciam diariamente na sala de debates. Todas as mesas contavam com pessoas renomadas e personalidades dos assuntos discutidos. Diversos temas foram postos em pauta de maneira que se debatesse essa manifestação cultural que é o carnaval.

Dentre as mesas de debates ocorridas no evento foram discutidas a profissionalização do carnaval, um caminho que certamente será impossível de ser revertido. Cada vez mais existe a necessidade de especialistas e profissionais capacitados para o exercício de determinadas funções. Foi debatido o modelo administrativo atual, e os novos patamares que as inovações tecnológicas, capacitação de profissionais, e a boa liderança podem trazer para a gestão das escolas de samba. Foi comentada a necessidade de legislações específicas para os blocos de rua e da desburocratização nas esferas do poder público para realização do carnaval de rua carioca. E fechando os debates do evento foi posto em pauta a cobertura da imprensa e a gestão das mídias socias no universo do carnaval.

Com esse evento ficou evidente que existia uma lacuna do setor, e que esse espaço foi muito bem preenchido pelo Carnavália-Sambacon. Com a boa receptividade do público, a 2ª edição da feira está garantida, mas ainda com datas a serem divulgadas. Até lá é aprimorar e aumentar a participação de expositores, atrações e público.