Circuito Banco do Brasil

O Rio de Janeiro recebeu no sábado, dia 08/11, o Circuito Banco do Brasil e a galera da produção está de parabéns com o evento! Infraestrutura bem montada, muito bem sinalizado, abundância de bares, banheiros e muitos funcionários espalhados pelo evento. As ações de marketing da empresa organizadora foram sensacionais! Com direito a premiações em dinheiro para o público, banquinhos em material reciclável para os intervalos dos shows e ações de sustentabilidade.

Quanto aos shows, o circuito teve início com a banda Drenna, desconhecida dos meus ouvidos mas com muita atitude, gostei!

Drenna
Drenna

O show da Pitty, em turnê com o CD 7 Vidas, que marca o retorno dela ao rock, foi muito bom!

Pitty
Pitty

Frejat relembrou sucessos de grandes cantores da MPB e do Barão Vermelho.

Frejat
Frejat

MGMT, outra desconhecida dos meus ouvidos e particularmente não curti. Uma mistura de indie rock psicodélico que não me caiu muito bem, show morno.

MGMT
MGMT

Paramore, foi simplesmente sensacional! Show eletrizante que, mesmo debaixo de chuva, levou a galera a loucura! A banda tocou todos os grandes sucessos e deixou um gostinho de quero mais na noite!

Paramore
Paramore

E por último a atração principal, Kings of Leon, fez um show impecável! Com efeitos visuais de tirar o fôlego, a banda mesclou músicas do novo CD com grandes sucessos, e a galera cantou junto do início ao fim. Um show pra ficar na memória!

Kings of Leon
Kings of Leon

Enquanto isso no mercado fonográfico…

Em uma conversa informal com amigos, falando sobre música, entrou em pauta o assunto do que a gente anda ouvindo por aí. Falamos de bandas novas, músicas novas, os músicos que tem aparecido no mercado e como o cenário musical anda se apresentando ultimamente.

Essa discussão foi muito proveitosa e interessante por estarmos todos com um mesmo pensamento e tiramos basicamente as mesmas conclusões sobre que o vemos e ouvimos nos dias de hoje: estamos com um déficit de boas músicas, bons compositores e novas bandas.

Existe hoje uma carência de criatividade em tudo que a gente ouve por aí. O ditado nunca se fez tão coerente, “Nada se cria, tudo se copia”. Uma prova disso é perceber que a maior parte da geração dos anos 80 e 90, estão ouvindo os mesmos artistas que foram consagrados nessas gerações.

Portanto, não é de se admirar que pela segunda semana consecutiva o álbum “Awesome Mix Vol. 1”, do filme “Guardiões da Galáxia”, no topo da lista da Billboard 200.

 “Awesome Mix Vol. 1” no topo da lista da Billboard 200
“Awesome Mix Vol. 1” no topo da lista da Billboard 200

O álbum traz uma coletânea de músicas que fizeram sucesso nos 70. Nele é possível ouvir David Bowie, Jackson 5, The Raspberries, Blue Swede, entre outros hits que marcaram gerações.

Seria esse um sinal para alertar o mercado de que tem algo errado? Só futuro poderá responder. Enquanto isso a gente espera essa mudança no cenário e curte o que há de qualidade por aí.

Rumo ao progesso do Carnaval

carnavália

O Carnavália-Sambacon, ocorrido na última semana no Centro de Convenções Sulamérica, foi um verdadeiro sucesso de público, negócios, debates e inovações. Sambistas do Brasil e do mundo saíram satisfeitos da 1ª feira de negócios do carnaval do Brasil.

A feira contou com expositores de diversos ramos, lojas especializadas, imprensa, empresas prestadoras de serviços, ou seja, tudo que os gestores e os foliões sempre desejaram em um lugar só. O evento foi bastante organizado e a estrutura do espaço muito bem montada. Quem passou pela feira por curiosidade, ou para fazer novos contatos comerciais, não se decepcionou.

O ponto alto do evento foram as discussões que aconteciam diariamente na sala de debates. Todas as mesas contavam com pessoas renomadas e personalidades dos assuntos discutidos. Diversos temas foram postos em pauta de maneira que se debatesse essa manifestação cultural que é o carnaval.

Dentre as mesas de debates ocorridas no evento foram discutidas a profissionalização do carnaval, um caminho que certamente será impossível de ser revertido. Cada vez mais existe a necessidade de especialistas e profissionais capacitados para o exercício de determinadas funções. Foi debatido o modelo administrativo atual, e os novos patamares que as inovações tecnológicas, capacitação de profissionais, e a boa liderança podem trazer para a gestão das escolas de samba. Foi comentada a necessidade de legislações específicas para os blocos de rua e da desburocratização nas esferas do poder público para realização do carnaval de rua carioca. E fechando os debates do evento foi posto em pauta a cobertura da imprensa e a gestão das mídias socias no universo do carnaval.

Com esse evento ficou evidente que existia uma lacuna do setor, e que esse espaço foi muito bem preenchido pelo Carnavália-Sambacon. Com a boa receptividade do público, a 2ª edição da feira está garantida, mas ainda com datas a serem divulgadas. Até lá é aprimorar e aumentar a participação de expositores, atrações e público.

 

Aerosmith começa a gravar novo disco

 

Depois de longa espera os fãs do Aerosmith podem ficar felizes. Desde 2004 sem gravar nenhum álbum de stúdio, na semana passada Steven Tyler, o guitarrista Brad Whitford, o baixista Tom Hamilton e o baterista Joey Kramer se encontraram e começaram a produzir as primeiras canções do tão aguardado CD.
Joe Perry não participou desse pois tinha outro comprimisso que não foi revelado a mídia.

Agora é aguardar e ver o resultado!

Fonte: G1

Bloco formado por mulheres abre o ano com sambão

Os eventos deste ano já estão encerrados, mas já dá para marcar na agenda: em janeiro recomeçam as atividades do “Saias na Folia”. A partir do dia 22, serão iniciados os ensaios técnicos, que acontecerão semanalmente aos sábados, a partir das 16h, até o dia 19 de fevereiro. O bloco não tem quadra, mas desde o início de 2010 realizam seus eventos no Bar Bloco C, localizado na esquina das ruas Visconde de Sepetiba e Rua Marechal Deodoro, no Centro. Em 8 de março, Dia Internacional da Mulher, o “Saias” põe o bloco na rua, abrindo o Carnaval das Escolas de Samba de Niterói, na Rua da Conceição.

Fundado em 2009, o G.R.B.C. & Cultural Saias na Folia é um grupo de mulheres dispostas a acabar com o “machismo” no meio do samba. A presidente Rita Diirr descreve o projeto como uma “valorização profissional de mulheres envolvidas com música e com o carnaval”. Para ela, é o bloco mais “charmoso” da cidade, trazendo na bandeira feminina as cores amarela, lilás e coral.

“Todas as envolvidas no bloco já tinham ligação com o cenário cultural da cidade”, explica Rita, que é conselheira de Cultura de Niterói e produtora de eventos. As outras componentes se alternam em funções como assessora de imprensa, compositoras, professoras e musicistas, todas interessadas em fazer parte da história do samba de Niterói. “Somos o primeiro bloco que tem a primeira mestre de bateria mulher, Thalita Santos”, comemora a presidente.

Em 2011, o enredo “Margarida na folia apresenta as flores do carnaval” traz uma novidade: pela primeira vez os homens estão convidados para acompanhar e celebrar o aniversário do bloco, que “é uma marca de quem vai à luta, sem perder a ternura jamais”, defende Rita.

Fonte: http://www.folhanit.com.br/

Green Day anuncia quatro shows no Brasil em site oficial

O trio de punk pop Green Day anunciou em seu site oficial nesta segunda-feira (10) que fará quatro shows no Brasil em outubro. A banda deve tocar em Porto Alegre no dia 13, Rio de Janeiro no dia 15, Brasília (17) e São Paulo (20).

A Mondo Entretenimento confirmou as datas posteriormente. Os ingressos para o show em São Paulo custam entre R$ 180 e R$ 250 (com direito à meia-entrada) e começam a ser vendidos no dia 25 de maio. No Rio, as entradas custam entre R$ 300 e R$ 100, também com meia-entrada, e começam a ser vendidas no dia 29 de maio.

Os preços para as outras cidades ainda não foram divulgados, e as vendas começam em julho, segundo o site do Green Day. O grupo anunciou também shows na Costa Rica e no Peru.

Em 2009 o Green Day lançou o disco “21st century breakdown”, que chegou ao primeiro lugar das paradas norte-americanas e venceu o Grammy de melhor álbum de rock em 2010. Entre os projetos paralelos do grupo estão um musical da Broadway baseado no disco de 2004 “American idiot” e uma versão do game musical Rock Band assinada pela banda.

O trio foi criado em 1987 na Califórnia e alcançou o sucesso mundial em 1994, com o disco “Dookie” e hits como “Basket case” e “She”. O grupo tem oito álbuns lançados, já ganhou quatro Grammys e vendeu 22 milhões de cópias apenas nos EUA.

Green Day no Brasil

Porto Alegre
Quando: 13 de outubro
Onde: A definir
Quanto: A definir

Rio de Janeiro
Quando: 15 de outubro, às 22h30
Onde: HSBC Arena – Av. Embaixador Aberlado Bueno, 3401
Quanto: entre R$ 100 e R$ 300 (com direito à meia-entrada)
Informações: http://www.livepass.com.br / (21) 4003-1527

Brasília
Quando: 17 de outubro
Onde: A definir
Quanto: A definir

São Paulo
Quando: 20 de outubro, às 22h
Onde: Arena Anhembi – Av. Olavo Fontoura, 1.209,
Quanto: entre R$ 180 e R$ 250 (com direito à meia-entrada)
Informações: http://www.livepass.com.br / (21) 4003-1527

*Fonte: G1

Finalmente depois de 12 anos de espera!!!!

Green Day lança novo clipe

Green Day 6

O Green Day lançou o vídeo do terceiro single “East Jesus Nowhere”, música que faz crítica a todo e qualquer tipo de fanatismo religioso. O clipe traz imagens da banda durante a turnê do novo álbum 21st Century Breakdown. A música de trabalho anterior, “21 Guns”, rendeu a banda os prêmios de melhor clipe de  rock, melhor fotografia e melhor direção no VMA 2009.

Quem quiser conferir basta acessar o site da banda: http://www.greenday.com

Abaixo segue o vídeo com a performance da banda durante o VMA 2009:

Luto

MichaelJacksonDancando1

Hoje perdemos o maior ícone pop dos últimos tempos…

Uma perda bastante sentida por legiões de fãs ao redor do mundo e também por mim que cresci ouvindo Michael Jackson.  Guardo como relíquia o disco de vinil “Bad” que ganhei quando criança.

Um mestre na arte de cantar e dançar que encantou muitas gerações com suas músicas e apresentações memoráveis. Além de tantos outros feitos…

O mundo da música ficará carente com a sua ausência, mas eternamente grato por tudo que você fez por ela.

Obrigada por tudo. Vá com Deus e descanse em paz!!!

Green Day na liderança do Top 200 da Billboard

Green Day no Webster Hall, em Nova York
Green Day no Webster Hall, em Nova York

O novo álbum da banda Green Day “21st Century Breakdown” alcançou o número um do Top 200 da Billboard em menos de uma semana, com a marca de 215 mil álbuns vendidos. É a segunda vez que o Green Day aparece no topo da lista. Em 2004, a banda liderou com “American Idiot”, que vendeu  267 mil cópias na primeira semana.

O álbum chegou ao primeiro lugar mesmo tendo sido lançado apenas na sexta-feira 15, e não na terça-feira, quando são lançados os álbuns nos Estados Unidos. “21st Century Breakdown” foi produzido por Butch Vig ( responsável por Nevermind) e mantém um pouco do clima ópera-rock de “American Idiot”.

Na segunda posição aparece Hannah Montana “The Movie” [68 mil]; em terceiro está Lady GaGa’s “The Fame” [41 mil]; em quarto Rascal Flatts’ “Unstoppable” [33 mil]; e na quinta posição Bob Dylan’s “Together Through Life” [31 mil].

Fonte: SRZD

Já era de se esperar vendas nessas proporções. Ainda não ouvi álbum para fazer uma análise e conferir se é realmente o que eu esperava/espero dele. Mas pelo visto acho que não terei do que me queixar!

Outra coisa muito interessante é que Billie Joe anda dizendo por aí que os shows na turnê da Inglaterra podem durar mais de 4 horas. Presentão pros fãs se isso realmente acontecer!! Espero que essa turnê venha logo para o Brasil e que os shows durem mais de 4 horas também!

Série na Caixa Cultural debate a música brasileira vista pela lente de seus biógrafos

Escritores, mediador, perguntas da plateia… À primeira vista, a série “Toca-livros” – que será realizada esta semana, de terça a sexta-feira, às 19h30m, no Teatro de Arena da Caixa Cultural – é um típico ciclo de debates, no caso sobre livros dedicados a personagens da música brasileira. Mas Edison Viana, idealizador e produtor do projeto, prefere defini-lo como um misto de entrevista coletiva e programa de rádio.

– As perguntas podem ser feitas a todo momento. E teremos músicas para ilustrar a conversa – explica Viana.

No primeiro encontro, os convidados são Arthur Dapieve e Carlos Marcelo, autores de obras sobre Renato Russo; na quarta-feira, Marília Barboza fala de seu trabalho sobre Cartola; Ruy Castro aborda seu livro sobre Carmen Miranda, no terceiro debate; Paulo Cesar de Araújo e sua biografia proibida de Roberto Carlos encerram a sequência.

Os encontros serão gravados. O projeto de Viana é transformar o “Toca-livros” em programa de rádio, série de TV e, mais tarde, num documentário sobre a forma como a música brasileira aparece nos livros:

– Fala-se muito sobre discografia da música brasileira e sua filmografia. Mas sua bibliografia é esquecida. Não se parou para pensar nesse conjunto de livros, seus enfoques, os temas abordados.

 Toca-livros: Caixa Cultural RJ – Teatro de Arena. Av. Almirante Barroso, 25 – Centro. Tel.: 2544-4080. De 12 a 15 de maio. Entrada franca (distribuição de senhas no local, a partir das 18h30min)

 Fonte: oglobo.com

Informações diversas de um universo a se explorar