Arquivo da tag: Evento

Doe Seu Lixo Por Música

doe_seu_lixo

A ONG Doe Seu Lixo, vai realizar no Rio de Janeiro, o primeiro show pago com lixo reciclável do planeta. O show acontecerá dia 21 de novembro, na Apoteose e contará com atrações como Serjão Loroza, Buchecha, Timbalada, Bangalafumenga, Toni Garrido, Charlie Brown Jr, Dudu Nobre, Arlindo Cruz, Dona Ivone Lara, Samba Na Moral, Dj Malboro, MC Marcinho, MC Sapão, Carlinhos Brown, Margareth Menezes, Moraes Moreira. Basta se cadastrar no site do evento e trocar seu ingresso por um saco de lixo reciclável (papel, metal e plástico) no dia do show!

Com o objetivo de mobilizar o maior número de pessoas e tornar a coleta seletiva um hábito entre os cariocas, o evento será o primeiro do planeta a ser pago com lixo reciclável.

Vale a pena, não só pelas atrações, mas também pela iniciativa da ONG Doe seu Lixo.

Anúncios

AXN Film Festival 2008

O AXN Film Festival é o único festival de curtas-metragens apoiado por um canal de TV por assinatura na América Latina. Desde 2006, o AXN apresenta à sua audiência de mais de 25 milhões de pessoas em toda a América Latina, o talento, a iniciativa e a visão original dos novos expoentes do cinema em nossa região.

A edição de 2008 já tem os 10 curtas metragens finalistas.

Filmes de pequeno formato de jovens diretores oriundos dos mais diversos lugares da América Latina entram no quadro de finalistas da edição 2008. Os trabalhos poderão ser vistos a partir do dia 4 de novembro, todas as terças a partir das 21 horas no AXN Brasil. Colômbia, 21h30min. Venezuela, 22 horas. México/Argentina: 23 horas. Chile.

O resultado final do festival sai em dezembro e os filmes serão julgados por uma banca composta de 12 membros: Carmen Maura, Billy Rovzar, Pedro Armendáriz, Miguel Bosé, Jonathan Jakubowicz, Solveig Hoogestein, Gustavo Santaolalla, César Charlone, Carlos Moreno, Luc Besson, Laís Bodansky e José Bonifacio de Oliveira.

O Brasil está bem contado no festival e tem a participação de 3 curtas finalistas nessa edição 2008. Bom sinal para o cinema nacional que vem crescendo com muita qualidade e criatividade.

Abaixo a lista com os 10 finalistas:

1. Rodrigo Oviedo, do México. Seu curta: Verano 79.

É a história de dois rapazes, Rogelio e Chepo, que durante um verão decidem apostar na amizade e iniciar um negócio falido. Anos depois eles tornam a se ver num emocionante encontro.

2. Fernando Sanches, do Brasil. Seu curta: Landau 66.

O quê o diabo faz quando está aborrecido? Dois jovens brasileiros descobriram, entre cervejas e outras distrações num automóvel clássico: um Landau 66.

3. Raúl López Echeverría, do México. Seu curta: Una larga sombra.

Dois homens, Aurelio e Miguel, caminham no meio de um deserto depois de terem sido abandonados na fronteira com os Estados Unidos. Miguel é um jovem que busca condições de vida melhores para sua família, mas Aurelio é um velho predador que descobrirá que se enganou de vítima.

4. Joaquín Peñagaricano, Pablo Abdalá e Pablo Aguirrezabal, do Uruguai. Seu curta: La velocidad de los Ceibos.

É um dia extraordinário numa localidade do interior do Uruguai. Todos os habitantes se preparam meticulosamente para um grande evento. O povoado pára ansioso para aguardar um acontecimento que acaba sendo, talvez, demasiado fugaz.

5. Pedro Aurgusto “Toto” Garcìa Cubillos, de Colômbia. Seu curta: Gasolina.

Três personagens estão perdidos numa estrada. Arnold sai em busca de combustível enquanto os outros ficam esperando no carro. Quando ele retorna ao ponto de partida, as coisas mudaram estranhamente para os três. Especialmente para ele.

6. Anwar Safa, do México. Seu curta: La Gordiranfla.

Depois de trabalhar a noite toda fazendo “gorditas” (espécie de panqueca de recheios variados), Socorro descobre que Francisco, seu marido, perdeu a “Gordiranfla”, uma caminhonete adaptada para vendê-las, numa aposta ilegal. Socorro deixa Franscisco e ele decide recuperá-la, trabalhando como caddy.

7. Alysson Silva Curitiba, de Brasil. Seu curta: Con las propias manos.

Uma mulher inflige as mais nefastas torturas a um homem com a finalidade de obter respostas sobre o seqüestro de seu filho. A verdade, contudo, pode ser mais dura que as dúvidas.

8. Catarina Accioly e Iberě Carvalho, do Brasil. Seu curta: Entre colores y navajas.

Anthony vai todos os dias de ônibus a seu salão de beleza. Um dia ele convida a motorista, Esperanza, para fazer uma mudança de look. Esse encontro culmina numa transformação na vida e na aparência de ambos. O casal experimentará as ilimitadas e transgressoras possibilidades do afeto.

9. Margarita Cobilich Rizo Patrón, do Perú. Seu curta: Todos y Nadie.

Dois amigos estão encalhados num povoado distante da cidade. Um homem está a ponto de perder seu trabalho. Suas vidas se cruzarão no meio do nada.

10. Gustavo Rondón Córdova, da Venezuela. Seu curta: Libre.

Dois réus deixam sua imaginação voar para sentirem-se livres, inspirados numa rachadura que aparece na parede e que se assemelha ao desenho de uma praia.

Radiohead inova mais uma vez

Radiohead

No final de 2007 a banda britânica já havia inovado ao ter lançado o cd “In Rainbows” na internet e os fãs que quisessem o álbum, cadastravam-se e compravam pelo valor que quisessem pagar. Agora foi a vez de escolher um vídeo feito por um fã, como clipe oficial de uma música do álbum.

Um concurso on-line realizado pelo Radiohead em parceria com o site AniBoom, onde os vencedores receberam 10 mil libras cada, o francês Clement Picon foi o grande escolhido dentre mais de mil trabalhos inscritos com uma animação 3D da música “Reckoner”.

Segundo Thom Yorke, vocalista e líder da banda, “Esta é uma das coisas mais interessantes que eu já vi em vídeo. Foi resultado de um concurso que fizemos na internet. Gostamos tanto que perguntamos a ele se poderíamos transforma-lo em vídeo oficial de ‘Reckoner’. Ele disse que sim”

Quem quiser conferir o vídeo basta entrar no site oficial da banda: www.radiohead.com.

Rio Mix Festival

Falcão, O Rappa

Agora gostaria de deixar registrado a minha satisfação com o Rio Mix Festival que aconteceu sábado (04/10), no Teatro Popular de Niterói. O evento foi muito bem organizado e os shows foram simplesmente fantásticos.

Fiquei muito surpresa com a apresentação do Marcelo D2, não tinha grandes expectativas e o show me surpreendeu. O show do Natiruts foi muito bom também, porém achei que foi um pouco curto. E o show do Rappa dispensa comentários. Foi uma apresentação impecável, como era de se esperar, e o Falcão contagiou o público de forma brilhante com grandes sucessos de álbuns passados e músicas do cd novo “7 Vezes”.

Parabéns aos organizadores do festival. Niterói está precisando de mais eventos culturais desse porte.