Green Day na liderança do Top 200 da Billboard

Green Day no Webster Hall, em Nova York
Green Day no Webster Hall, em Nova York

O novo álbum da banda Green Day “21st Century Breakdown” alcançou o número um do Top 200 da Billboard em menos de uma semana, com a marca de 215 mil álbuns vendidos. É a segunda vez que o Green Day aparece no topo da lista. Em 2004, a banda liderou com “American Idiot”, que vendeu  267 mil cópias na primeira semana.

O álbum chegou ao primeiro lugar mesmo tendo sido lançado apenas na sexta-feira 15, e não na terça-feira, quando são lançados os álbuns nos Estados Unidos. “21st Century Breakdown” foi produzido por Butch Vig ( responsável por Nevermind) e mantém um pouco do clima ópera-rock de “American Idiot”.

Na segunda posição aparece Hannah Montana “The Movie” [68 mil]; em terceiro está Lady GaGa’s “The Fame” [41 mil]; em quarto Rascal Flatts’ “Unstoppable” [33 mil]; e na quinta posição Bob Dylan’s “Together Through Life” [31 mil].

Fonte: SRZD

Já era de se esperar vendas nessas proporções. Ainda não ouvi álbum para fazer uma análise e conferir se é realmente o que eu esperava/espero dele. Mas pelo visto acho que não terei do que me queixar!

Outra coisa muito interessante é que Billie Joe anda dizendo por aí que os shows na turnê da Inglaterra podem durar mais de 4 horas. Presentão pros fãs se isso realmente acontecer!! Espero que essa turnê venha logo para o Brasil e que os shows durem mais de 4 horas também!

Anúncios

Série na Caixa Cultural debate a música brasileira vista pela lente de seus biógrafos

Escritores, mediador, perguntas da plateia… À primeira vista, a série “Toca-livros” – que será realizada esta semana, de terça a sexta-feira, às 19h30m, no Teatro de Arena da Caixa Cultural – é um típico ciclo de debates, no caso sobre livros dedicados a personagens da música brasileira. Mas Edison Viana, idealizador e produtor do projeto, prefere defini-lo como um misto de entrevista coletiva e programa de rádio.

– As perguntas podem ser feitas a todo momento. E teremos músicas para ilustrar a conversa – explica Viana.

No primeiro encontro, os convidados são Arthur Dapieve e Carlos Marcelo, autores de obras sobre Renato Russo; na quarta-feira, Marília Barboza fala de seu trabalho sobre Cartola; Ruy Castro aborda seu livro sobre Carmen Miranda, no terceiro debate; Paulo Cesar de Araújo e sua biografia proibida de Roberto Carlos encerram a sequência.

Os encontros serão gravados. O projeto de Viana é transformar o “Toca-livros” em programa de rádio, série de TV e, mais tarde, num documentário sobre a forma como a música brasileira aparece nos livros:

– Fala-se muito sobre discografia da música brasileira e sua filmografia. Mas sua bibliografia é esquecida. Não se parou para pensar nesse conjunto de livros, seus enfoques, os temas abordados.

 Toca-livros: Caixa Cultural RJ – Teatro de Arena. Av. Almirante Barroso, 25 – Centro. Tel.: 2544-4080. De 12 a 15 de maio. Entrada franca (distribuição de senhas no local, a partir das 18h30min)

 Fonte: oglobo.com